Relatórios do governo

Relatório do Departamento de Estado dos EUA de 2020 sobre Liberdade Religiosa Internacional: China (Inclui Tibete, Xinjiang, Hong Kong e Macau) 

Relatório 2020

Relatório Anual de 2021: Comissão dos EUA sobre Liberdade Religiosa Internacional (USCIRF)

Relatório 2021

Comissão de Direitos Humanos do Partido Conservador – A escuridão se aprofunda: a repressão aos direitos humanos na China 2016-2020

RELATÓRIO 2016-2020

Relatórios Anuais da Comissão do Congresso dos EUA sobre a China de 2017 e 2018

RELATÓRIO DE 2017RELATÓRIO DE 2018

Relatório Anual da Comissão do Congresso dos EUA sobre a China de 2016

O relatório de 2016 do CECC recomenda que o Congresso e o governo pressionem Pequim por maior transparência, adesão a padrões universais e desenvolvimento do estado de direito.
LEIA O RELATÓRIO

Relatório da Comissão dos EUA sobre Liberdade Religiosa Internacional (USCIRF) de 2016

LEIA O RELATÓRIO

Comissão de Direitos Humanos do Partido Conservador de 2016 – Relatório de Extração de Órgãos

O novo relatório do CPHRC insta o Governo de Sua Majestade a considerar urgentemente a criação de uma comissão de inquérito liderada pelas Nações Unidas sobre esta prática, ou a trabalhar com outros governos para estabelecer um inquérito internacional independente através de outros mecanismos, e considerar todas as outras opções de ação para parar a extração forçada de órgãos de prisioneiros de consciência na China.
LEIA O RELATÓRIO

Relatório da Comissão de Direitos Humanos do Partido Conservador de 2016

Novo relatório pede revisão da política do governo para a China à luz da repressão aos direitos humanos na China
LEIA O RELATÓRIO

2007 Nações Unidas – Relatório do Relator Especial sobre tortura e outros tratamentos ou penas cruéis, desumanos ou degradantes, Manfred Nowak

“A extração de órgãos foi infligida a um grande número de praticantes relutantes do Falun Gong em uma ampla variedade de locais, com o objetivo de disponibilizar órgãos para operações de transplante. Órgãos vitais, incluindo
corações, rins, fígados e córneas foram sistematicamente colhidos de praticantes do Falun Gong no Hospital Sujiatan, Shenyang, província de Liaoning, a partir de 2001. Os praticantes receberam injeções para induzir insuficiência cardíaca e, portanto, foram mortos durante as operações de extração de órgãos ou imediatamente em seguida. É relatado que os funcionários dos seguintes centros de transplante indicaram que usaram órgãos de praticantes vivos do Falun Gong para transplantes.. “
LEIA O RELATÓRIO